Que tal um chazinho para acalmar o coração?

O inverno finalmente chegou e, com ele, um dos meus rituais preferidos para acalmar o coração: o do chá.

Não que você precise fazer uma cerimônia oriental (que, aliás, é linda! Olhe aqui) para aproveitar os benefícios de uma xícara fumegante. Mas dá para aprender os conceitos de harmonia, pureza, respeito e tranquilidade e levar para a vida usando apenas aquela chaleira que fica ali, decorando o fogão da sua cozinha.

A cultura indígena brasileira apela aos chás como promotores de cura do nosso organismo e leva as ervas e folhas muito a sério. Esse também é um caminho que você pode seguir, afinal, quem nunca tomou um chá de camomila para aliviar as cólicas menstruais, um de capim-santo para dormir melhor e um de hortelã para facilitar a digestão?

Os indianos são outro povo que acredita no poder de cura dos chás e, por isso, vale pesquisar as receitinhas da Ayurveda, essa ciência milenar. Eu, particularmente, acredito muito.

E além da cura física, se tem uma coisa que todo chá bem preparado faz é acalmar o coração. Por isso, naqueles dias de tristeza, prepare uma xícara com todo o carinho do mundo e sente no seu cantinho favorito em casa para apreciar sem pressa, assoprando entre um gole e outro para colocar a respiração no lugar, ouvindo uma música suave e fechando os olhos de tempos em tempos. Não vai tomar mais que 10 minutos na sua agenda, mas vai mandar a ansiedade para o espaço. Aposta quanto?

 

Como fazer um chá que vai acalmar o coração

Para um bom chá, esqueça os de saquinho e recorra às ervas e folhas in natura ou secas. Quando eu tenho dificuldade de dormir, por exemplo, uso folhas frescas de capim-santo, também conhecido como capim-cidreira, que compro na feira – mas dá até para plantar em casa, em vasinhos pequenos. A casa fica toda perfumada quando a água começa a ferver. E meia dúzia de folhas rendem uma boa caneca bem cheia da bebida.

Atualmente, também incorporei à minha rotina o chá de folha de amoreira. Tenho lido que ele regula os hormônios femininos, ou seja, é bom para TPM, cólicas menstruais, probleminhas trazidos pela menopausa (como secura vaginal e ondas de calor), além, é claro, de ser um bom chá para a fertilidade. Eu fervo uma caneca de água e coloco uma colher de sopa das folhinhas secas. Depois, passo em uma peneirinha e tomo.

Para dar toques especiais aos seus chás e não enjoar do sabor deles – caso você consuma todos os dias – experimente ralar um gengibre fresco, colocar cravo ou cardamomo, raspar um pouquinho de casca de laranja, tangerina ou limão. O siciliano fica uma delícia com qualquer chá, até o verde básico. Eu gosto de tomar meu chá puro, mas você pode colocar mel ou açúcar, se sentir falta. Recentemente, tenho acrescentado um botão de rosa, especial para chás, pois a flor também é um regulador hormonal natural. E xícara fica linda, como essa que está aí em cima: ficar olhando para ela já é mais uma coisa para acalmar o coração.

Eu descobri o chá de rosas, aliás, num lugar que fica pertinho da minha casa, o Grão-Vizir, aqui em São Paulo. Ele é especializado em chás e especiarias e também vende online nesse site aqui. E foi lá que conversei com o Marcelo Nastari, proprietário da casa e (nem preciso dizer, né?) apaixonado por chás. Ele me ensinou uma receita deliciosa, que eu já tinha tomado anos atrás em um café incrível de Nova York (chamado Max Brenner, caso a sua curiosidade aperte): o do tchai masala.

De origem indiana, ele combina chá preto, especiarias e leite. Sim, chá com leite. Quem é do sul do Brasil tem certa familiaridade, embora entendo que possa parecer estranho para quem nunca ouviu falar. Mas eu garanto: é maravilhoso e aquece até a alma da gente. Tem aquele conforto que só um leite quentinho – e uma dose de açúcar – é capaz de proporcionar.

 

Receita do Tchai Masala Tradicional

Ingredientes:

2,5 colheres (chá) de Tchai Masala (que nada mais é que uma combinação entre canela, cardamomo, cravo, erva-doce, gengibre e pimenta-do-reino)

250 ml de água

200 ml de leite

2 colheres (sopa) de açúcar

1 a 2 colheres (chá) de chá preto ou mate

 

Modo de fazer:

Coloque a porção do Tchai Masala e de açúcar em água e leve ao fogo até ferver. Depois, espere mais 3 minutos no fogo. Acrescente o leite e espere ferver novamente. Desligue, então, o fogão, e acrescente o chá preto. Deixe tudo paradinho ali por mais cinco minutos, então coe ou peneire em uma peneira fina e sirva quentinho. Serve duas pessoas.

 

Observação importante: existem correntes que defendem que a canela pode ser abortiva. Então se você estiver gestante, melhor esperar para provar o seu Tchai Masala em outro momento, tá?

 

 

 

Fotos: Flickr/ Gifts.com (tchai masala), Flickr/ in pastel (cartaz antigo), Flickr/ Lelivingandco (chá de rosas)


One thought on “Que tal um chazinho para acalmar o coração?

  1. […] ouvindo músicas relaxantes, recebendo uma massagem perfumada e terminando aquele tratamento com um ... cademeunenem.com.br/melhor-spa-de-sao-paulo

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *