Me desculpe, mas eu não consigo não militar

Me desculpe, mas eu não consigo não militar.

Hoje é Dia da Mulher e a gente tem alguns motivos para comemorar, mas ainda muitos para chorar.

Enquanto a gente ler no jornal notícias como “Brasil teve média de 1 estupro a cada 10 minutos em 2021”,

Enquanto tiver mulher sendo mutilada para nunca poder sentir prazer sexual na vida,

Enquanto houver nos noticiários frases como “em 2020, 175 mulheres trans foram assassinadas no Brasil”,

Enquanto a gente continuar lendo e ouvindo diariamente histórias de mulheres agredidas e mortas por seus parceiros, 

Enquanto houver meninas sem condições financeiras de comprar um absorvente,

Enquanto houver homens ganhando mais que mulheres na mesma posição no trabalho,

Enquanto garotas forem ensinadas que precisam ser boazinhas, lindas e obedientes,

Enquanto mulheres continuarem morrendo ou maltratando seus corpos para seguir um padrão de beleza cobrado única e exclusivamente das mulheres,

Enquanto a jornada tripla não for compartilhada igualmente por homens e mulheres,

Enquanto existirem no mundo mulheres que não podem escolher quando nem com quem se casar,

Enquanto homens tiverem direito sobre os corpos das mulheres,

Enquanto o pagamento da pensão alimentícia for opcional (tá na lei, mas sabe como é, esse mês ele não pode, não vamos arranjar uma briga com o pai da sua filha…),

Enquanto a paternidade for opcional,

Enquanto a solidão materna for predominante,

Enquanto sustentar o lar for algo compulsório para muitas mulheres,

Enquanto houver lésbicas sendo discriminadas e intimidadas,

Enquanto mulheres precisarem abrir mão das suas carreiras (contra sua vontade, claro) para cuidar do lar,

Enquanto mulheres não puderem renunciar ao salário para ficar com os filhos (se essa for sua vontade),

Enquanto não tivermos nossos direitos reprodutivos respeitados,

Enquanto não pudermos andar verdadeiramente livres nas ruas…

EU VOU MILITAR, SIM.

Porque feminismo não é sobre pelo embaixo do braço.

Feminismo é sobre escolha. É sobre liberdade.

E se você tem coragem de dizer “eu não sou feminista”, mesmo sendo mulher, meu bem, me desculpe, mas você não entendeu nada.


Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.