“Aos 39, depois de dois anos de luta, engravidei. Mas preciso de ajuda”

“Nossa luta começou há dois anos, quando resolvemos ter um bebê. Nem sempre é simples como parece e nosso caso foi doloroso e sofrido. Quando começamos a tentar, meu ginecologista pediu alguns exames e disse que estava tudo bem e que em três meses já teríamos um positivo. Receitou algumas vitaminas e viemos embora. Mas, na época com 37 anos, eu tinha medo de não conseguir.

more ““Aos 39, depois de dois anos de luta, engravidei. Mas preciso de ajuda””

Pode chorar

“Desde que descobri a infertilidade me tornei uma pessoa triste, sem vida e cheia de mágoas. Tento melhorar, mas algo me puxa pro mau humor”. Foi esse comentário encontrado em um grupo de FIV no Facebook* que motivou meu post de hoje. As respostas**?

more “Pode chorar”

Da culpa de não ser mãe

Existe uma frase bem conhecida que diz: “nasce uma mãe, nasce uma culpa”. E eu inclusive a uso bastante com minhas amigas, afinal, como uma verdadeira expert no assunto culpa, aprendi a detectar e tentar tira o peso dela das pessoas que eu amo. more “Da culpa de não ser mãe”

“Aprendi a ressignificar a dor de 5 perdas espontâneas e hoje sou realizada como mãe desses anjos e de uma pré-adolescente”

“Dois anos depois de casada, comecei a tentar engravidar e achei que seria rápido, mas estava enganada. Foram 33 meses de tentativas, frustrações e um luto mensal por algo que eu nunca tinha vivido. Era um sentimento bem doído, mesmo. Neste tempo, eu e meu marido fizemos alguns exames simples, que nada detectaram. more ““Aprendi a ressignificar a dor de 5 perdas espontâneas e hoje sou realizada como mãe desses anjos e de uma pré-adolescente””

“O diagnóstico do meu marido foi oligospermia. Já me revoltei contra a vida, mas hoje resolvi ser feliz, com ou sem filhos”

“Sempre falávamos em ter filhos, mas foi após sete anos de casados, em 2013, que resolvemos procurar um médico. Ele nos trouxe o diagnóstico: oligospermia, ou seja, baixa produção espermática do meu marido. more ““O diagnóstico do meu marido foi oligospermia. Já me revoltei contra a vida, mas hoje resolvi ser feliz, com ou sem filhos””