Já investigou trombofilia como causa de infertilidade ou perdas?

Hoje meu post abre com uma pergunta bem séria: você já investigou trombofilia como causa de infertilidade ou perdas? Dia desses estava vendo um Stories do @dr.rodrigorosa no Instagram e ele contava que uma parte considerável das perdas espontâneas é causada por trombofilia. Se vocês estão por aqui faz tempo, também conhecem minha história e já leram essa entrevista que fiz com o médico que diagnosticou minhas questões autoimunes e me curou, o dr. Ricardo.

Sim, a trombofilia era uma causa de infertilidade para mim. E, ao longo desses anos de Cadê Meu Neném?, vi que é (ou foi) a causa de perdas espontâneas de muitas leitoras. Acontece que no protocolo médico regular, a trombofilia só é investigada depois de três (sim, três! T-R-Ê-S) abortos.

E como se investigam as causas da trombofilia (que são MUITAS)? De uma maneira bem simples: com um exame de sangue. Esse é o pró. O contra é o seguinte: a maioria desses exames não é coberta por planos de saúde. E, claro, todos custam caro. Caro tipo mil e poucos reais. Cada um sabe da sua condição financeira e obviamente ninguém está rasgando milhares de reais. Mas, pela minha experiência, vale muito a pena. Uma das causas da minha trombofilia é a anticardiolipina. Somada ao restante do meu diagnóstico, ela me impediu de engravidar. Mas poderia não ter impedido. E eu poderia ter perdido sabe a deusa quantas gestações. #gratidao por ter descoberto e tratado a tempo.

Então, minha dica é: procure seu especialista em fertilidade e/ou gineco/obstetra e/ou hematologista e/ou, como eu fiz, um imunologista. Peça a ele uma investigação completa. E na dúvida sobre o que significa uma investigação completa segue abaixo a foto que eu peguei em um grupo de FIV no Facebook e achei que poderia ser bem útil para vocês:

Ah, e um último recado, mas não menos importante: assim como a endometriose, a trombofilia também pode ser silenciosa (eu nunca tive problema de circulação aparente, por exemplo) e não necessariamente é genética. Então a gente acaba não suspeitando dela e demorando mais para investigar. Enquanto isso, o estoque de óvulos diminui e a ansiedade aumenta. Mas essa parte da história você já conhece, né?

Foto: Flickr/manuel m. v.


Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.