Aplicativos que podem ajudar a engravidar

Sim, a tecnologia dos aplicativos pode ser usada a nosso favor. Para quem tem dificuldade de controlar o próprio ciclo, por exemplo, já que os médicos dizem que o padrão é 28 dias – mas tem meninas que têm 26 ou até 30 dias de ciclo – pode ser uma mão na roda.

Não vamos mentir: os aplicativos têm o mesmo lado ruim do coito programado (lembra que contei aqui?), que é entrar na neura nos dias férteis e querer desesperadamente transar. Mas também ajudam a entender se você atrasou ou não, por exemplo.

Existem vários: eu tinha o Glow, que é gratuito, mas também já ouvi falar do Meu Ciclo, do Flo e do OvuView, por exemplo. E agora eu ouvi falar do Natural Cycles, que parece uma versão mais completa. Quero deixar claro que nunca usei e que isto não é uma publicidade, muito menos um conselho para você usar (eu nunca usei, lembra? Não posso te aconselhar isso), mas é informação e informação é poder, é mostrar para você que existe e te dar a chance de seguir esse caminho. Mas recomendo que pesquise mais, caso se interesse.

Primeiro a má notícia: o app só é grátis nos 30 primeiros dias, depois você precisa pagar uma assinatura que, no plano anual, sai US$4,20 por mês. Agora, vamos aos fatos. Neste aplicativo, você não anota apenas os dias em que menstruou e a duração do ciclo. Você vai precisar de um termômetro basal (pode usar qualquer modelo digital ou o que eles enviam quando você faz a assinatura), que é este aqui:

Tem que ser um modelo assim porque ele é mais sensível a variações menores. Aí, você mede sua temperatura de manhã, colocando-o embaixo da língua, antes mesmo de sair da cama. A temperatura é uma medida indireta dos seus níveis hormonais. E, com este dado, que você digita no Natural Cycles e os algoritmos do aplicativo, ele promete dizer exatamente quais são os seus dias férteis. Você provavelmente já ouviu alguém contar que controla o ciclo assim, medindo a temperatura, né? Então, é o mesmo princípio.

Para vender melhor seu peixe, a empresa encomendou uma pesquisa científica ao instituto Taylor & Francis*, que durou um ano e investigou 4.000 mulheres usando o app. O objetivo, no caso, não era o nosso, mas fornecer a contracepção segura – ou seja, uma espécie de tabelinha. E foi atingido: apenas 20 mulheres engravidaram transando sem proteção em um dia que o app colocava como autorizado.

Para quem quer engravidar, claro, é só fazer o contrário e manter relação sem se proteger nos dias em que o app coloca como “sinal vermelho” 😉

 

*Eu dei uma olhadinha na pesquisa e se você quiser conferir na íntegra, está aqui.

 

Foto: Flickr/Mike Licht


One thought on “Aplicativos que podem ajudar a engravidar

  1. […] imagine a cena. A menstruação atrasou. Você não quer criar falsas esperanças, então espera o a... cademeunenem.com.br/gravidez-quimica

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.