7 de março de 2018

Querido diário, são 18h33. Meu coração parece querer pular para fora da boca. Não me ligaram hoje do laboratório. Me parece um ótimo sinal, pois a transferência do embrião, um blastocisto de 5 dias, está agendada para amanhã de manhã. Ou seja, se alguma coisa tivesse dado errado, teriam me avisado.

Amanhã, às 10h30, meu pré-bebê vai ser colocado na minha barriga. Começo a dar risada quando penso que, quando meu filho perguntar como foi parar na barriga da mamãe, vou dizer “o médico colocou a sementinha lá dentro”. E não será mentira.

Na sequência, rezo para esse sonho finalmente se realizar. Rezo. Porque não me resta mais nada a fazer. Tudo o que podia, eu fiz. E não está mais nas minhas mãos.

 

*Esse texto já foi ao ar durante minha FIV, mas resolvi repetir porque ele dá sequência aos episódios semanais do Diário da Minha Não-Gravidez.

**Se você tem acompanhado o Cadê vai notar que esse post está bem atrasado e que já tive meu positivo <3. Mas achei válido dividir o episódio do diário de hoje porque você pode estar vivendo esse momento e se identificar com alguém que passa pela mesma dor sempre alivia o fardo. Mas se quiser acompanhar a história toda no diáro, com começo, meio e fim, clique aqui.

Ah, e se tiver uma história para me contar, me procure na página do Cadê no Facebook, clicando aqui.


9 thoughts on “7 de março de 2018

  1. Marcos Responder

    Há dez dias, fomos com a Clarice à clínica onde fizemos tratamento, pois minha esposa tinha consulta com a obstetra que fez o parto. Passamos pelo laboratório e eu disse a ela: “Foi aqui que você foi concebida”. 😄

    1. Pri Portugal Responder

      hhahaha vou fazer parecido.

  2. Janaina Responder

    Priscila,

    Com quem você fez sua FIV?
    Estou passando por essas mesmas dificuldades e um dia espero contar a minha vitória!
    Obrigada por nos ajudar nessa caminhada!

    1. Pri Portugal Responder

      Oi, Janaina, td bem? Eu fiz na Clínica InVida, do Sírio, aqui em SP. Mas acredito que só consegui porque antes descobri meu diagnóstico e me tratei, viu?

      1. Janaina Responder

        PElo que vi seu diagnóstico era relativo a imunidade. Você fez as vacinas ou aplicações de intralipid?

        1. Pri Portugal Responder

          Fiz as aplicações de Intralipid. Fiz as 3 recomendadas e, como não engravidei naturalmente, fiz mais uma no ciclo da FIV. As vacinas estão proibidas (ou estavam quando fiz o tratamento hehehe). Vc está na mesma, Janaina? Bjinho

          1. Janaina

            Infelizmente estou.
            Dois anos de tentativas naturais.
            Vários exames e nenhum diagnóstico. Fiz aplicações de intralipid também, mas sem sucesso e acabo de passar por uma FIV também sem sucesso.
            Infelizmente proibiram as vacinas que ajudaram tantas mulheres que estão nessa luta. Até conversei com o médico que me atendia sobre a possibilidade de pedir judicialmente, mas ele não me forneceu os subsídios para isso …
            Mas vamos lá, erguer a cabeça e continuar lutando, pois um dia espero contar a minha vitória no seu blog hehe

  3. Jaqueline Martins Responder

    Fiquei curiosa… que vacina que estão falando? É s do Cross match? Sou tentante há quase 7 anos, fiz vários tratamentos e 2 fiv no ano passado que não deram certo, tenho hipotireoidismo e endometriose (fiz 2 cirurgias). Uma amiga recentemente fez a 3a fiv é dessa vez utilizou o intralipid e deu certo, estou lendo a respeito para um próxima fiv.

    1. Pri Portugal Responder

      oi, Jaque, a vacina em si era feita com o sangue do marido para minimizar os efeitos da incompatibilidade encontrada no exame Cross Match, mas ela foi proibida pela Anvisa. Então, a solução encontrada é uma solução intravenosa, aplicada em clínicas por recomendação médica, chamada Intralipid. Ela é à base de enzimas, segundo me explicou meu médico, da clínica RDO, em São Paulo. Cada caso é um caso e vc precisa desse acompanhamento para saber quantas doses precisa tomar e os intervalos entre elas. Pra mim deu certo 🙂 Boa sorte e volte sempre ao Cadê. Bjinho

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *